viagens pela paisagem que me é próxima e interior, viagens por filmes, viagens de aquém e além mar
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

.pesquisar

 

.viagens recentes

. Comida e fotografia

. tubos

. Avaliação da qualidade na...

. No paraíso ano após ano

. Férias floridas

. Primavera

. jarro

. flor 2

. flor

. Clorofila

. Primavera

. Martinha

. Fly fishing ou a imagem d...

. ... e o paraíso continua ...

. Blawenburg Band em Hopewe...

. Sporting vence torneio Ba...

. Alvor

. Por Cascais e Sintra

. Festival de Jazz de Monte...

. Com neve na praia

. De Berlim, com amor

. Será que a crise nos veio...

. Berlin - bald bin ich da!

. Os nossos dias voltarão a...

. Grounds for Sculpture

. Phila

. mais uma foto do paraíso

.arquivos

. Setembro 2012

. Março 2012

. Outubro 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

blogs SAPO

.links

Sexta-feira, 25 de Agosto de 2006

Diário da Costa Rica – Dia 3 (a selva) (7)

Após um grande pequeno-almoço de feijão preto com arroz ( o famoso gallo pinto), indispensável na mesa dos costa-riquenhos , ovos estrelados, fruta (papaia e ananás), compotas várias, torradas, massa frita (coscorões), chá e café, fomos todos, remando na piroga, fazer uma visita à selva.


 

Carlos, o guia, conhece muito bem os trilhos e as diferentes espécies. Avista preguiças onde não as descortinamos, assim como macacos, pavões e outros animais. À noite, prometem-nos outra viagem, desta vez para vermos crocodilos e espécies que mais facilmente se vêem na escuridão, por estarem a dormir e não se incomodarem com a luz das lanternas.

Somos os únicos hóspedes deste Samay Lagoon Lodge que já viu melhores dias. A proximidade do mar, a humidade e a chuva provocam desgaste acelerado. O cheiro dos quartos, de um aroma indecifrável, com o sufoco do calor e da humidade não os tornam convidativos, mas a ventoinha de três pás no tecto alto e os mosquiteiros completam-lhe o toque de filme de época passado nas Caraíbas ou índia colonial.


Cães de raça indefinida vagueiam pelo local, mostram nas costelas bem marcadas a fome. Não sei porquê, não os alimentam. Garfield , um americano corpulento de Miami, com 60 anos, que explora o bar e o restaurante, diz que lhe deram os bichos quando eram ainda muito pequenos e que pareciam gatos.

Garfield é um cromo alto de olhos azuis , cabelos pelos ombros, praticamente todos brancos, calções e camisas de meia interior com necessidade de barrela. Tem uma forma muito directa e própria de dizer as coisas e quando lhe perguntaram se tinha filhos respondeu que tem dois – uma é médica e o outro traficante de droga. Está na Costa Rica há 16 anos, 3 em Barra del Colorado, vivendo com os macacos, como gosta de dizer.


publicado por mq às 19:25

link do post | comentar | favorito
|