viagens pela paisagem que me é próxima e interior, viagens por filmes, viagens de aquém e além mar
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

.pesquisar

 

.viagens recentes

. Comida e fotografia

. tubos

. Avaliação da qualidade na...

. No paraíso ano após ano

. Férias floridas

. Primavera

. jarro

. flor 2

. flor

. Clorofila

. Primavera

. Martinha

. Fly fishing ou a imagem d...

. ... e o paraíso continua ...

. Blawenburg Band em Hopewe...

. Sporting vence torneio Ba...

. Alvor

. Por Cascais e Sintra

. Festival de Jazz de Monte...

. Com neve na praia

. De Berlim, com amor

. Será que a crise nos veio...

. Berlin - bald bin ich da!

. Os nossos dias voltarão a...

. Grounds for Sculpture

. Phila

. mais uma foto do paraíso

.arquivos

. Setembro 2012

. Março 2012

. Outubro 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

blogs SAPO

.links

Segunda-feira, 16 de Outubro de 2006

Malta (11) Gozo

Lawrenz lamenta continuamente o facto de não termos chegado no ferry anterior. Essa hora a menos levá-lo-á a acelerar para podermos ver o essencial da sua "beautiful island ”.



Da parte da manhã, visitamos a imponente basílica Ta’ Pinu, santuário nacional, onde se deslocou o Papa João Paulo II, localizada no meio do nada, e o Museu Popular em Gharb, com uma completa colecção de objectos e memórias da vida da ilha no século XIX e início de XX. São 28 quartos completamente cheios de alfaias, faiança, veículos e até um presépio, entre tudo o que foi possível recolher nos sótãos das famílias de Gozo.

 

Após o almoço leva-nos a uma daqueles enormes lojas recheadas de artigos locais para venda a turistas, e parece não ter pressa - a comissão, a receber mais tarde, assim o permite.

Em Gozo, ainda segundo Lawrenz , 12% da população é católica. Ele ama a Deus acima de tudo, depois a família, em 3.º lugar o mundo, onde se incluem todos nós os que vamos naquele miniautocarro.

De tarde passamos por Dwejra Point para ver a fabulosa Janela Azul (Azur Window ), caminhar pelas rochas, saborear um gelado. Na verdade já tínhamos passado por aquela estrada da parte da manhã. Começo a pensar se não teria sido mais acertado visitarmos a Basílica e a Janela de uma assentada.

Victoria ou Rabat (em árabe, subúrbio), como é mais conhecida, é a imponente cidadela no centro da ilha com as não menos deslumbrantes Basílica de S. Jorge e Catedral. Lawrenz dá-nos 30 minutos para visitarmos a capital da sua bonita ilha e após 20 minutos já está a chamar-nos para seguirmos até ao Templo Pré-histórico Ggantija e ao moinho Ta’ Kola.



publicado por mq às 15:42

link do post | comentar | favorito
|